28 de dezembro de 2007

Ponto de situação

O Natal já passou, quase nem dei conta dele. Voou, será o verbo adequado. Demasiado trabalho, para uma semana que, por defeito, se espera tranquila... Não por aqui. Os meus dias são demasiado curtos, para as imperiosas necessidades da minha vida. O meu corpo está demasiado cansado, responde com lentidão aos esforços que lhe peço. O meu cérebro está em modo automático. Menos mal que, determinadas responsabilidades estão já mecanizadas, o raciocínio fica adiado para melhores dias. Quanto à passagem de ano, ainda se está para ver como vai ser. Sem stress.

2 comentários:

  1. Sem stress. A minha é em casa.

    Passa lá no meu blog :)

    ResponderEliminar
  2. Tá tudo tratado amiga! we got it!

    No worries!

    ResponderEliminar