8 de agosto de 2008

A fotografia

Hoje, fui chamada para tirar uma fotografia de grupo para a revista cá do The Office. Para a posteridade, os colaboradores que foram promovidos no final do exercício de 2007, à laia de fotografia de fim de curso. Yupii!! O telefonema pareceu-me incoerente, até porque: se esqueceram de me aumentar de acordo com a categoria à qual me promoveram (Ganhei reconhecimento, they say. Será que o homem do talho aceita que lhe pague em reconhecimento? Ó Sr.António, a sua carne é a melhor daqui da zona, não há, nas redondezas, nenhum talho que se compare ao seu! E agora que já o adulei, dê-me lá dois bifes do lombo, faz favor!); se esqueceram de me pagar (os míseros) retroactivos relativamente ao subsídio de férias (Quem me mandou ter recebido o subsidio antes de ter sido promovida, hum?!); e de alterar a categoria no meu recibo de ordenado (É pá! Mas é preciso estar escrito?! Isso são detalhes! Que preciosismo, Cat!). Se, para nada do que considero realmente importante, se lembraram que me tinham promovido, por que raio se lembraram de mim para a p@ta da fotografia?!?! Curiosidade: Detesto tirar fotografias, principalmente para aparecer em dita revista que, por norma, é analisada com olho clínico e criticada (não de forma construtiva, como se pode imaginar) da primeira à última página...

2 comentários:

  1. Tens uma paciência de santa...é o que te digo!

    ResponderEliminar
  2. Não sei se é paciência ou espirito de sacrificio...Enfim...

    ResponderEliminar